Você sabe por que é tão importante o tipo de pele em pacientes que vão realizar rinoplastia?


Saiba que o resultado da cirurgia está diretamente relacionado com seu tipo de pele........


Muitos pacientes que desejam realizar a cirurgia acreditam ser possível obter o resultado exatamente igual a um nariz de outra pessoa, porém esquecem que as características anatômicas são diferentes de pessoa para pessoa.


Vou procurar explicar neste artigo o fator que é mais importante no resultado da rinoplastia: o tipo de pele.





A forma do nariz é dependente em grande parte do tamanho e forma do esqueleto (cartilagem e osso), e geralmente é a estrutura que é modificada durante a cirurgia para se obter um nariz mais belo. Entretanto, um dos principais determinantes do resultado de uma rinoplastia é a qualidade da pele, apesar de raramente ser modificada durante a cirurgia.


 Entre as características da pele, a espessura é o fator mais importante na avaliação do paciente candidato a cirurgia. Os extremos, pele muito fina ou pele muito grossa, apresentam um grande desafio ao cirurgião e deve ser conversado com o paciente durante a consulta.


Pacientes com pele muito fina tendem a cicatrizar com mínimas marcas (cicatrizes) e o edema (inchaço) tende a diminuir mais rapidamente, porém pequenas imperfeições se tornam facilmente aparentes. Fazendo uma analogia, imagine vestir uma camiseta justa. Com ela, é possível ver a barriga, podemos ver melhor os músculos dos braços, e assim por diante.  Agora, imagine colocar um moleton. Fica mais difícil para ver as mesmas coisas, pois a espessura do moleton é diferente. O mesmo ocorre com a pele.








Pacientes com pele muito grossa são ainda mais desafiadores para o cirurgião. Pele espessa reduz a aparência dos detalhes do esqueleto nasal. Todas as angulações e ondulações características de uma nariz atraente e definido ficam menos aparentes. Além disso, é comum em indivíduos com pele muito grossa que as cartilagens sejam fracas, o que acentua o problema de falta de definição do nariz. Por último, o edema e a inflamação pós-operatórios são maiores. Em geral, demora pelo menos 12 a 18 meses para o edema resolver, fazendo com que o resultado estético não seja evidente, frequentemente, antes de pelo menos 1 ano.


Portanto, é muito importante avaliar a pele dos pacientes candidatos a rinoplastia e discutir as necessidades cirúrgicas para se obter o resultado desejado, bem como o tempo de recuperação necessário para as modificações ficarem evidentes.